Em Bom Jardim, Vereador e esposa são denunciados por desviar R$ 108 mil da Câmara de Vereadores

Compartilhe isso
Vereador da cidade de Bom Jardim, Antonio Cezarino

O desvio de R$ 108,7 mil dos cofres da Câmara de Vereadores de Bom Jardim levou o Ministério Público a oferecer, em 1º de julho, Denúncia contra o vereador Antônio Gomes da Silva (mais conhecido como Antônio Cezarino) e sua esposa, a ex-vereadora Ana Lídia Sousa Costa, eleita presidente do órgão em dezembro de 2014.

Baseada no Procedimento Investigatório Criminal nº 331-009/2019, a manifestação foi assinada pelo promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira.

Já denunciado pelo MPMA por ludibriar agricultores quanto à obtenção de empréstimos de um programa de financiamento rural, Cezarino foi vereador no período de 2009 a 2012.

No final de 2012, ele lançou a candidatura de sua esposa à Câmara de Vereadores. Ana Lídia (conhecida como Ana Lídia Cezarino) ganhou as eleições e foi eleita presidente da casa, em dezembro de 2014, mas quem tomava as decisões era o marido dela.

Após a posse, ela destituiu o tesoureiro anterior e nomeou para o cargo uma pessoa de confiança de Cezarino: Raurison Santos. O objetivo dessa nomeação foi facilitar os saques dos recursos da Câmara.

SAQUES

De acordo com o Procedimento Investigatório, em 16 de dezembro de 2014, Ana Lídia e Raurison foram ao banco e sacaram R$ 62.834,72 da conta da Câmara de Vereadores. O valor seria usado para pagamento dos salários dos servidores.

Após o saque, Ana Lídia e Raurison foram à residência do casal. Na posse do dinheiro do saque, Cezarino entregou R$ 1 mil a Raurison e mandou ele assinar um recibo de R$ 1.500, dizendo que se tratava da quitação de seu salário como tesoureiro. Cezarino disse que o desconto de R$ 500 se devia a despesas com INSS.

“Dessa forma, o réu obteve R$ 500 de vantagem ilícita, iludindo a vítima”, relatou o promotor de justiça.

Raurison chamou Cezarino para pagar os salários dos outros servidores, mas ele respondeu que se responsabilizaria pessoalmente pela tarefa.

Além dos R$ 62 mil, nos dias 17, 19 e 22 do mesmo mês, Raurison e Ana Lídia sacaram da conta da Câmara, respectivamente, R$ 35 mil, R$ 8,88 mil e R$ 2 mil.

“Cezarino e Ana Lídia, utilizando da função da chefia da Câmara Municipal, se apropriaram de R$ 108.720,23, subtraídos, em quatro momentos distintos, da conta bancária da Câmara dos Vereadores de Bom Jardim, no caixa eletrônico do banco”, enfatizou o promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira.

PEDIDOS

Na ação, o MPMA, solicita a condenação de Cezarino e Ana Lídia pelos crimes previstos nos artigos 171 (obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento) e 312 (apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio), do Código Penal.

Outro pedido é a condenação dos acionados à penalidade prevista no artigo 327 da lei (a pena será aumentada da terça parte quando os autores dos crimes previstos neste Capítulo forem ocupantes de cargos em comissão ou de função de direção ou assessoramento de órgão da administração direta)

O Ministério Público também requereu a condenação de Cezarino e Ana Lídia à punição prevista no artigo 1º da  Lei nº 9.613, de 3 de março de 1998 (ocultar ou dissimular a natureza, origem, localização, disposição, movimentação ou propriedade de bens, direitos ou valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal).

Se condenados, as penas variam de um a doze anos de reclusão e pagamento de multa.

Professor do IEMA é preso por crime de Estelionato

Compartilhe isso

O educador de Matemática Marlow Cesar Santana Oliveira, conhecido por prof. Oliveira, foi preso na tarde de ontem(3), no interior da instituição IEMA no município de Axixá.

De acordo com Polícia Civil do MA, por meio da primeira Delegacia Regional de Rosário, foi efetuado o cumprimento de mandado de prisão preventiva, decisão da Primeira Vara Criminal de São Luís e investigações da Delegacia de Defraudações em desfavor do professor MARLOW CESAR SANTANA “OLIVEIRA”.

Informações dão conta que o prof. Oliveira, é recém contratado pelo Instituto para aquela unidade educacional, e o mesmo vem ser irmão da atual coordenadora pedagógica do polo de Axixá.

Uma mulher ainda não identificada, ao sentir-se assediada pelo educador, procurou o distrito policial de Rosário para realizar um boletim de ocorrência, e para sua supresa o professor já tinha um mandato de prisão em seu desfavor, por crime de estelionato.

Essa prática de contratar funcionários e educadores na rede pública, seja estadual ou municipal, sem realizar solicitar um nada consta, é perigoso crianças e adolescentes nas unidades de ensino. É preciso ter critérios ao contratar um profissional.

Veja abaixo o mandato de prisão contra o professor Oliveira

Mulher é morta a facadas dentro de casa pelo marido na frente do neto de 2 anos

Compartilhe isso

A vítima foi identificada como Marlucia Santos, 43 anos foi brutalmente assassinada com várias facadas no início da tarde de ontem, terça-feira(05).

O principal suspeito da barbárie teria sido o próprio esposo da vítima, identificado como Francisco das Chagas, conhecido como”Chico Tampinha”, 51 anos. Todo o fato ocorreu no interior da residência do casal, localizada no bairro Socopo em Teresina.

De acordo com informações da polícia, o marido ao chegar em casa se dirigiu até à vítima e aplicou vários golpes de faca, pasmem, na presença de uma criança de dois anos.


Marlene Jacob, irmã da vítima, contou à polícia que após ter saído para realizar uma troca de produto, e ao retornar se deparou com o cunhado chegando de moto. Segundo ela, ao entrar na casa Francisco das Chagas já foi agredindo a esposa.

Chico Tampinha era é depressivo. Segundo a cunhada do criminoso, um dia ele estava alegre e no outro dia ele estava triste.

Irmãs que mataram jovem em Matinha são capturadas na manhã de hoje(29), em Rosário

Compartilhe isso

As irmãs Tainá dos Santos e Taynara dos Santos, principais suspeitas do homicídio da jovem Kelrry Mouzinho, de 25 anos, no último dia 9 na cidade de Matinha, foram presas na manhã desta segunda-feira(29) na cidade de Rosário pelo 27º Batalhão da Polícia Militar daquele município.

Tainá e Taynara ainda chegaram a se apresentar com advogado na delegacia de Rosário após fugiram do flagrante, sendo ambas liberadas por não terem naquele momento mandato de prisão expedido. Com isso, elas aproveitaram para ficar alternando endereços na cidade de Rosário, dificultando assim à ação da polícia para efetuar a prisão após decretado pela justiça o mandato de prisão das acusadas.

Após dias de investigações e denúncias, chegou ao conhecimento da polícia que possivelmente as duas estariam escondidas em um logradouro conhecido por “Beco da Ribeira” naquele município, uma equipe do GSA do 27º Batalhão, realizou a incursão para capturar as duas criminosas, logrando êxito na missão os policiais realizaram a prisão das acusadas e conduziram Tainá e Taynara para o Distrito Policia de Rosário.

GAECO cumpre mandado de busca e apreensão em Itapecuru-Mirim e mais quatro cidades do MA

Compartilhe isso

O Ministério Público do Maranhão (MPMA), com apoio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor) e da Polícia Civil do Estado do Maranhão, realizaram na manhã desta segunda-feira, 29, uma operação conjunta para cumprir doze mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos documentos, computadores, telefones celulares.

A ação aconteceu simultaneamente nas cidades de Itapecuru-Mirim, Matões do Norte, Pirapemas, Bacabal e São Luís. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal do Termo Judiciário de São Luís da Comarca da Ilha, em atendimento ao pedido do Ministério Público.

O Procedimento Investigatório Criminal apurou que o Município de Itapecuru-Mirim realizou procedimentos licitatórios irregulares para a contratação de serviços de montagem e desmontagem de estrutura, iluminação de palco, gerador e contratação de bandas musicais para as festividades do Carnaval do ano de 2016. A licitação teria sido feita para beneficiar a empresa Jaime R. da Costa – ME. As ilegalidades foram cometidas na gestão do ex-prefeito Magno Rogério Siqueira Amorim.

IRREGULARIDADES

As investigações apuraram que o Pregão Presencial nº 021/2016, realizado pelo município de Itapecuru-Mirim foi conduzido em desacordo com o que regem o Decreto Federal nº 3.555/00, a Lei Federal nº 10.520/2002 e a Lei Federal nº 8.666/93.

Foram identificadas a inexistência de comprovantes de publicação do aviso de licitação, do comprovante de publicação do resultado do pregão e dos comprovantes de publicação do extrato do contrato, evidenciando o direcionamento do processo licitatório para que a empresa fosse vencedora.

Foi constatado, ainda, que os serviços foram executados pela empresa M. Peixoto de Alencar, embora a empresa a empresa Jaime R. da Costa tenha sido contratada pelo Município. O ex-gestor contratou diretamente a empresa M. Peixoto de Alencar pelo valor de R$ 60 mil. Mas o valor do contrato licitado era de R$ 1.408.300,00.

Em Santa Rita, mulher é morta a tiros pelo companheiro momento em que dava remédio ao filho menor

Compartilhe isso

A jovem Elielma de Castro Serejo, de 23 anos, foi assassinada a tiros de espingarda, no último sábado (27), na Comunidade Timbotiba, área rural de Santa Rita (MA).

Segundo informações da polícia, o principal suspeito de cometer o homicídio foi o próprio companheiro da vítima, identificado por Jhonn Kelson Abreu Araújo, 20 anos. O assassino matou a vítima no interior da residência deles, instante em que a companheira dava remédio para um filho menor de idade.

Até o fechamento desta, a polícia ainda não havia localizado o suposto assassino, mais as buscas na região continuam para capturar o criminoso.


Prefeitura de Igarapé do Meio em parceria com a Vale, realiza mais uma ação social “Caravana nos Trilhos”

Compartilhe isso

A população de Igarapé do Meio vai receber nesta quarta-feira(24), mais uma ação da Caravana nos Trilhos, uma parceria que deu certo, entre a Prefeitura Municipal e a Vale.

Nesta edição, a Caravana vai oferecer diversos serviços na área de saúde e educativos aos igarapeenses, dentre eles estão:

Consultas médicas;
Avaliação com nutricionista;
Vacinas;
Testes rápidos;
Projeto de leitura;
Jogos educativos;
Atendimento com psicólogo;
Amostra Artesanal;
Palestra com Assistentes Social;
Momento de beleza;
Exposição de materiais de educação ambiental; 
Jogos esportivos.

É mais uma ação do prefeito Almeida em benefício do povo de Igarapé do Meio.

Vereador e ex-presidente da Câmara de Maranhãozinho é executado na manhã de hoje(23)

Compartilhe isso

O vereador João Serra, popularmente conhecido por Jango do município de Maranhãozinho, foi brutalmente assassinado no início da manhã desta terça-feira(23), o crime ocorreu após o parlamentar sair de uma fazenda na cidade de Santa Luzia do Paruá.

Ainda de acordo com informações, Jango, foi executado com vários tiros, sem ter chance alguma para ser conduzido a um hospital. O Crim chocou a população do município de Maranhãozinho.

Pai é preso suspeito de estuprar a própria filha de um ano na cidade de Codó

Compartilhe isso

Um homem identificado como Pedro Henrique Santiago Ramos, de 20 anos, foi preso na madrugada de domingo (14) no município de Codó, após ser o principal suspeito de estuprar a própria filha, um bebê de apenas 1 anos e 7 meses.

Segundo a polícia, Pedro Henrique teria se aproveitado da ausência da mãe do bebê para cometer os abusos. De acordo com o depoimento da mãe do bebê à polícia, ela notou sangramento nas partes íntimas da criança.

A bebê foi levada para o Hospital Geral Municipal (HGM) e se encontra em observação. Ela será submetida ao exame de violação para que seja confirmado o estupro.

Já o pai(se é que podemos classifica-lo dessa forma) foi encaminhado para a 4ª Delegacia de Polícia Civil de Codó, onde foi preso e ficará à disposição da Justiça. O Conselho Tutelar foi informado sobre a situação e está acompanhando o caso.

DA PARA ACREDITAR? – Irmãs que assassinaram jovem em Matinha, se apresentam em Rosário e são liberadas

Compartilhe isso
As irmãs Tainá dos Santos e Taynara dos Santos

As irmãs Tainá dos Santos e Taynara dos Santos, supostas autoras do assassinato de
Kelrry Daiane Ferreira Mouzinho, 25 anos, que ocorreu na última terça-feira(9), se apresentaram na tarde de ontem(10), na Delegacia Regional de Rosário em companhia de um advogado.

Kelrry Mousinho

As duas “suspeitas” do assassinato, após ceifar a vida da universitária Kelrry na porta da residência da vítima, fugiram da cidade de Matinha para se livrar do flagrante e ontem se apresentaram em Rosário, onde foram ouvidas e liberadas se comprometendo a “esclarecer” o crime em Matinha.

Resta saber agora se realmente as duas criminosas vão cumprir com o prometido, de esclarecer o crime em Matinha.